RADV: driver Vulkan para GPUs AMD agora conta com shader cache no disco


O driver Vulkan open source que lida com placas de vídeo AMD no Linux, conhecido como RADV, agora conta com suporte para "shader cache" no disco. Em termos simples, o recurso armazena shaders compilados que os jogos e aplicativos exigem para acelerar coisas como tempos de carregamento. Caso contrário, cada vez que um jogo for carregado, o processo de compilação de shaders precisará ser refeito novamente, resultando em mais espera.

A novidade será habilitada automaticamente em jogos e aplicativos que não possuem suporte para shader cache por padrão, como explica Timothy Arceri, que anteriormente liderou o desenvolvimento do suporte para shader cache da API OpenGL para o driver RadeonSI e que hoje trabalha na Valve, mas com foco também nos drivers open source para GPUs AMD: "Se o aplicativo fornecido no cache de pipeline na memória ainda não possui o que procuramos, ou não fornece um, então recorremos ao cache no disco".

Além disso, o driver Vulkan também ganhou algumas otimizações, graças ao desenvolvedor Samuel Pitoiset, trabalhando para a Valve. Com essas melhorias, demos desenvolvidas com API agora obtêm um aumento de mais de 3% no desempenho.

Pode não parecer muito ou tão significativo como outras otimizações que foram recentemente implementadas no driver, mas, claro, pequenas melhorias também são sempre bem vindas. É ótimo ver o grande número de pequenas otimizações chegando ao RADV.

Além da Valve, outra empresa também importante no mundo dos jogos, inclusive é responsável por diversos ports de games para o sistema do pinguim      mas disso você provavelmente já deve saber     , a Feral Interactive, também tem contribuído com o desenvolvimento do driver RADV. Uma prova disso é que a empresa anunciou recentemente um patch com correções que deve melhorar o desempenho dos seus ports de jogos que já fazem uso da Vulkan com o driver.

As novidade apresentadas aqui para o RADV estarão disponíveis com a chegada do Mesa 17.3, que pode ser oficialmente laçado em meados do mês de novembro.


FONTE: GamingOnLinux | Phoronix[1]  [2]

Comentários