Spotify para Linux agora está disponível como um Snap


A Canonical anunciou hoje, 20 de dezembro, que o Spotify, aquele que é considerado por muitos o principal serviço de streaming de música do mundo, agora está disponível no formato de aplicativo universal Snap, estando disponível para instalação tanto no Ubuntu quanto que em outras distribuições Linux que suportam a tecnologia Snappy, incluindo o Linux Mint, Manjaro, Debian, openSUSE e Solus.

"Ao lançar seu próprio snap, o Spotify garante que seus usuários no ecossistema Linux agora possam desfrutar da versão mais recente do seu aplicativo de streaming de música líder assim que for lançado independentemente da distribuição que eles estão usando", diz Jamie Bennett, vice-presidente de engenharia, dispositivos e IoT da Canonical. "Estamos satisfeitos por receber o Spotify no ecossistema de snaps e estamos ansiosos para revelar mais lançamentos de snaps em 2018."

Com o cliente Spotify para Linux, os usuários poderão encontrar e reproduzir praticamente qualquer música ou álbum inteiros de vários artistas, ouvir centenas de listas de reprodução, transmitir rádio online, ouvir audiobooks, podcasts e muito mais.

Os usuários Premium também podem baixar músicas e reproduzi-las offline sempre que quiserem, ouvir faixas sem anúncios e desfrutar de áudio com uma qualidade superior. Com o anúncio da Canonical, o Spotify agora está oficialmente disponível para Linux nos formatos deb, para distros baseadas no Debian/Ubuntu, e no formato universal snap.

No caso do Ubuntu e Linux Mint, você pode instalar aplicativos snap diretamente da central de aplicativos. Contudo, caso o gerenciador de software da sua distribuição Linux ainda não suporte a busca e instalação de aplicativos no formato universal, para instalar o sanp do Spotify, você terá que executar no Terminal:  snap install spotify 


FONTE: Ubuntu Insights

Comentários