AMD revela os seus planos para o futuro de seus drivers para Linux durante a FOSDEM 2018


Durante a conferência FOSDEM 2018, além do pessoal por traz do Nouveau, o driver open source que lida com GPUs da NVIDIA no Linux, falar sobre seus planos com a Vulkan e de seus outros trabalhos de código aberto, Nicolai Hähnle, da AMD, representou o trabalho da empresa em suas pilhas de drivers gráficos Radeon para Linux e revelou mais detalhes sobre o trabalho que a companhia realizou para melhorar o suporte com as suas GPUs no sistema do pinguim.

A apresentação de Nicolai Hähnle não foi muito surpreendente para aqueles que vinham se mantendo sempre atualizados com todo o trabalho já realizado pela AMD no Linux. As conquistas alcançadas pela empresa na plataforma que o desenvolvedor se referiu em sua palestra incluem a implementação da pilha de código AMDGPU DC no Linux Kernel, o driver Vulkan AMDVLK sendo de código aberto, o novo pacote AMDGPU-PRO unificado, a conformidade OpenGL 4.5 e o suporte open source para novos hardwares da companhia assim que são anunciados. Existem  também alguns gráficos interessantes para aqueles que ainda tentam decifrar a pilha de drivers de gráficos Radeon no Linux:


Confira no gráfico abaixo uma comparação com os três drivers Vulkan para placas AMD que estão disponíveis na plataforma Linux:


Os planos da AMD para o futuro

Nicolai Hähnle também revelou mais detalhes sobre alguns dos planos futuros para o driver Vulkan open source oficial, o AMDVLK. Os planos incluem mais otimizações LLPC (LLVM) para melhor desempenho do shader compiler, otimizações de desempenho com CPU, suporte para futuras GPUs, suporte para mais extensões Vulkan, suporte para o servidor de exibição de próxima geração Wayland e melhorias para o gerenciamento de contribuições externas, como a ajuda da comunidade open source.


O desenvolvedor também realizou uma apresentação de acompanhamento sobre o status dos shaders no driver RadeonSI e seu suporte contínuo à representação intermediária do NIR. Os slides mencionam "por que NIR" e mais para aqueles que debatem frequentemente os méritos desta abordagem nos fóruns. Nicolai acredita que o back-end do NIR está perto da paridade das características, mas é necessário mais trabalho de desempenho.

A apresentação Radeon NIR/shader pode ser conferida clicando aqui. O deck de slides na íntegra pode ser encontrado através deste link para aqueles que não estão presentes na conferência FOSDEM 2018, em Bruxelas.


FONTE: Phoronix

Comentários