Novas adições ao LLVM confirmam instruções de deep learning para a próxima GPU Vega 20


Na última segunda-feira (20), os compiladores LLVM e Clang receberam implementações que o tornam compatíveis com a Vega 12 "GFX904" e Vega 20 "GFX906", que provavelmente são as próximas GPUs da AMD que serão lançadas. Apesar das alterações não revelarem muitos destalhes sobre essas GPUs, essas novas adições confirmam as instruções de deep learning presentes na Vega 20. Na verdade, é a adição dessas instruções que estão tornando o commit um pouco maior.

Foi no mês passado que o suporte para a GPU Vega 12 surgiu no Mesa 18.1-dev com os drivers RadeonSI (OpenGL) e RADV (Vulkan), bem como no driver AMDGPU DRM no Linux Kernel 4.17, que ainda está em desenvolvimento, disponível apenas por meio de versões RC (Release Candidate).

Vega 10

Essa capacidade de lidar com a Vega 12 agora está sendo complementada com o suporte necessário do back-end do compilador LLVM com o AMDGPU, algo que será oficialmente lançado ainda este ano com a chegada do LLVM 7.0.

Novas placas de vídeo de baixo custo a caminho?

Infelizmente, ainda não há muita coisa confirmada sobre a Vega 12, além de ser uma parte nova e não apenas uma parte de um próximo Intel Kabylake G, por exemplo. O patch do LLVM confirma que, na verdade, é uma GPU discreta. Entre as especulações, a Vega 12 poderia ser lançada com placas de vídeo de baixo custo, sendo também um sucessor das atuais "Polaris", ou seja, Radeon RX 500.

Por outro lado, a AMD já mencionou que a Vega 20 é uma GPU de 7nm com 32 GB de memória HBM2. A Vega 20 é voltada para cargas de trabalho de aprendizado de máquina e inteligência artificial, ainda não lançadas. Portanto, não é tão surpreendente que esses novos patches confirmem que novas instruções de GPU de deep learning estão presentes para a nova GPU.

As instruções de deep learning adicionadas são fdot2, sdot2, udot2, sdot4, udot4, sdot8 e udot8. Você pode obter mais detalhes sobre essa adições através deste link.


FONTE: Phoronix

Comentários