Apple volta a aceitar jogos e aplicativos que fazem uso do MoltenVK no iOS


No início deste mês, nós relatamos que um estúdio teve seu jogo rejeitado na App Store, da Apple, pelo fato do MoltenVK, uma implementação que permite executar a Vulkan sobre a API Metal no iOS e macOS, estar fazendo uso de uma API privada, isto é, até a sua mais recente atualização que, finalmente, resolveu o problema, permitindo que o game voltasse novamente para a loja de apps do iOS.

Embora o jogo indie, chamado Dino Car Battle, já estivesse usando a Vulkan no iOS através do MoltenVK para mapear a API gráfica sobre o Metal, da Apple, estando oficialmente disponível na App Store no início do ano, uma atualização do game trouxe a tona o fato do MoltenVK estar fazendo uso de uma API privada (non-public API), o que fez com que a Apple rejeitasse o título.

Felizmente, um desenvolvedor da Valve percebeu que o MoltenVK realmente estava, mesmo que sem intenção, usando uma interface não pública em torno do IOSurface no iOS. A Valve havia adicionado esse recurso apenas para o macOS como parte de seu trabalho para VR com a Vulkan no sistema operacional da Apple, mas, acidentalmente, o deixou habilitado para o iOS. Agora, em sua versão mais recente, o MoltenVK não deve usar o IOSurface no iOS.

"Temos uma performance e qualidade que não nos permite desistir! Ser capaz de usar o MoltenVK foi uma sorte enorme para nós, já que conseguimos mais FPS nas cenas de ação e pudemos também aumentar os Lods [nível de detalhes] de alguns elementos obtendo melhores gráficos sem aumentar o uso dos recursos, entre outras vantagens", diz os desenvolvedores de Dino Car Battle.

A boa notícia é que a Apple está realmente feliz com essa mudança e não está mais bloqueando aplicativos e jogos que usam o MoltenVK em sua loja. Além disso, também não está tentando de alguma forma arruinar o uso da Vulkan no iOS ou macOS. A revisão da App Store já autorizou o jogo do estúdio em questão a usar o MoltenVK em sua versão corrigida.

Aqueles interessados no MoltenVK podem conferir mais detalhes na página oficial do projeto no GitHub.


FONTE: Phoronix

Comentários