Lançado o GIMP 2.10.4 com inicialização mais rápida e ferramenta de alinhamento de imagem


Foi lançado recentemente o GIMP 2.10.4, que agora conta com inicialização mais rápida graças a mudanças no carregamento de fontes assíncronas. Isso basicamente significa que o editor não precisa mais esperar que todas as fontes sejam totalmente carregadas, algo que possibilita também um fluxo de trabalho mais rápido, pois você pode começar a editar imagens imediatamente usando ferramentas e efeitos que não sejam de texto.

Contudo, a desvantagem relativa ao carregamento de fontes assíncronas (como você pode ver no vídeo abaixo) é que nem todas as fontes estarão disponíveis imediatamente se você tentar usar a ferramenta de texto no momento em que o aplicativo iniciar. Felizmente, essa limitação é temporária e o GIMP avisará quando terminar de carregar todas as fontes disponíveis.



Outra alteração relacionada a fontes nesta versão é a capacidade de marcar fontes da mesma maneira que gradientes, pincéis e padrões. Isso pode ser útil para aqueles que possuem uma grande quantidade de fontes disponíveis, tornando possível rotular com base no estilo ou tom, por exemplo, para encontrar fontes mais rapidamente.

O GIMP 2.10.4 também conta com uma nova opção de alinhamento de imagem, que permite girar automaticamente as imagens desalinhadas. Basta selecionar a ferramenta Medir no seletor de ferramentas, medir o ângulo do horizonte na sua imagem e, em seguida, clicar no novo botão “Endireitar” para que o GIMP ajuste sua imagem corretamente.


Entre outras melhorias presentes na nova versão do editor de imagens, podemos citar a capacidade de aplicar várias transformações simultaneamente no filtro de transformação, o widget do painel agora pode mostrar o uso detalhado da memória, melhor suporte para arquivos PSD salvos usando a opção "Maximizar Compatibilidade", novo gerenciador de opções de ferramentas e muito mais.

Para mais detalhes técnicos sobre o GIMP 2.10.4, não deixe de conferir o anúncio oficial. O editor de imagens pode ser baixado diretamente do seu site oficial, clicando aqui.


FONTE: OMG! Ubuntu!

Comentários