OBS Studio terá suporte para VA-API no Linux, o que deve beneficiar também GPUs Intel


O OBS Studio, um dos programas mais utilizados para fazer gravações e transmissão ao vivo de conteúdos diversos para serviços como YouTube, Fabebook e Twitch, ganhará uma novidade que deve beneficiar especialmente os usuários Linux que fazem uso dos gráficos integrados Intel. Trata-se do suporte para VA-API para o processo de codificação de vídeo H.264.

Inicialmente projetada pela Intel, Video Acceleration API (VA-API) é uma API livre de royalties e sua implementação libVA, presente nas distribuições Linux, é uma biblioteca livre e de código aberto distribuída sob a licença MIT. A API permite e fornece acesso a processamento de vídeo acelerado por hardware, usando a GPU para acelerar a codificação e a decodificação de vídeo.

O Open Broadcaster Software já suportou o Intel Quick Sync Video no Windows, bem como o NVENC em plataformas suportadas para codificação de vídeo com GPUs NVIDIA e o AMD AMF também. Mas para os usuários Linux que fazem uso dos gráficos da Intel, as coisas agora também devem ficar mais interessantes, já que o VA-API permitirá codificação de vídeo H.264 mais rápida.

Como o código que permite o suporte para VA-API no Linux já foi implementado, o recurso estará disponível na próxima versão do software. Aqueles que não estão familiarizados com o OBS Studio, podem conferir mais detalhes no site oficial do desenvolvedor.


FONTE: Phoronix

Comentários