GNOME Shell no próximo Ubuntu 19.04 deve ser mais rápido


Com o seu desenvolvimento a toda velocidade, o Ubuntu 19.04 "Disco Dingo" está começando a ganhar forma com mais alterações chegando na fila para serem implementadas. Durante a semana passada, em particular, houve várias adições no sistema operacional que merecem ser destacadas, como é o caso de melhorias para tornar o GNOME Shell mais rápido.

Os trabalhos com foco no desempenho realizados recentemente incluem uma otimização para a grade de ícones do ambiente gráfico GNOME, que também foi implementada no upstream, e uma grande regressão de uso da CPU presente desde o Ubuntu 18.04 também foi corrigida. Esta última correção também foi transferida para o atual Ubuntu 18.10.

Há também uma correção de latência envolvendo o X.Org para melhorar o desempenho do GNOME Shell em cenários onde existem configurações de multi-monitor e também foi explorado um problema de tempo da biblioteca gráfica Clutter. Para a alegria dos amantes do ambiente gráficos, muito trabalho está sendo feito para melhorar o desempenho do GNOME.

Novo instalador do Ubuntu

Após o lançamento do Ubuntu 18.04 LTS no início do ano, Mark Shuttleworth, CEO da Canonical, falou sobre como fazer um novo instalador para a edição desktop do Ubuntu e a possibilidade de usar HTML5 e Electron no desenvolvimento, enquanto que aproveitava o formato de pacote universal Snap.

Não houve muito o que relatar sobre isso durante o ciclo de desenvolvimento do Ubuntu 18.10, mas parece que os trabalhos ainda estão avançando no novo instalador e talvez possamos ver uma versão inicial dele funcionando no Ubuntu 19.04.

A versão beta do Ubuntu 19.04 deve chegar em 28 de março de 2019, enquanto que a versão final no dia 18 de abril do próximo ano. Mas, até lá, mais informações sobre o sistema operacional serão divulgadas com o passar dos meses e, como de costume, manteremos você informado.


FONTE: Phoronix

Comentários