Linux Kernel 5.0 é oficialmente lançado, confira o que há de novo


O tão aguardado Linux Kernel 5.0, que antes estava destinado a chegar como a versão 4.21, foi oficialmente lançado. O ciclo de desenvolvimento da série começou dois meses atrás, período em que foram lançados sete builds RC (Release Candidate) para que diversas pessoas espalhadas por todo o mundo pudessem ajudar com feedback e testes para este grande lançamento que, embora Linus Torvalds considere sem grandes mudanças, entretanto, traz grandes novidades.

"Todas as mudanças gerais para a versão 5.0 são muito maiores. Mas eu gostaria de ressaltar (mais uma vez) que não fazemos lançamentos baseados em recursos, e que "5.0" não significa nada além de que os números 4.x começaram a ficar grandes o suficiente para que eu ficasse sem dedos", diz Linus Torvalds em seu anúncio.

As novidades do Linux Kernel 5.0

Entre os principais destaques do Linux Kernel 5.0, está o suporte para o AMD FreeSync, que provavelmente é o maior recurso do driver AMDGPU que já vimos há algum tempo. a nova versão do kernel, em conjunto com o próximo Mesa 19.0, já é capaz de fornecer suporte funcional para conexões FreeSync/VESA Adaptive-Sync sobre DisplayPort! Este foi um dos poucos recursos ausentes do driver de código aberto da AMD para a plataforma Linux.

Ainda no lado da AMD, o driver AMDKFD agora possui suporte para computação com as GPUs Vega 12 e Polaris 12. Outra boa notícia é que o NVIDIA Xavier agora possui suporte de exibição com o atual código Tegra do DRM, foi implementado o suporte inicial para GPUs NVIDIA Turing no driver Nouveau e para gráficos Intel Icelake Gen11.

Além disso, também há suporte para o Intel VT-d Scalable Mode para Scalable I/O Virtualization, foram adicionados novos drivers Intel Stratix 10 FPGA, o Energy Aware Scheduling (EAS) chegou ao kernel para otimizar o consumo de energia para SoCs multi-core avançados, incluindo o big.LITTLE, e suporte de monitoramento de temperatura para CPUs AMD Zen 2, o que inclui também os processadores AMD da Hygon Dhyana fabricados na China.

Outras alterações notáveis ​​incluem suporte para o recurso Generic Receive Offload (GRO) na implementação UDP (User Datagram Protocol), suporte para o controlador de recursos cpuset no cgroupv2, suporte para o arquivo swap no sistema de arquivos Btrfs, criptografia de dados Adiantum, bem como suporte para o sistema de arquivos binderfs que permite executar várias instâncias do Android.

Naturalmente, vários drivers foram atualizados e outros foram adicionados nesta versão, juntamente com inúmeras correções de bugs e de segurança. O Linux Kernel 5.0 está disponível para download diretamente no kernel.org e também estará chegando em breve a uma distribuição Linux perto de você nos próximos dias.


FONTE: LKML
Comentários