Purism anuncia progressos com a convergência mobile-desktop no seu PureOS


A Purism tornou o seu sonho de convergência mobile-desktop, algo que antes era muito desejado pela Canonical com o Ubuntu Touch, uma realidade para seu sistema operacional PureOS, que vem pré-instalado em todos os seus laptops Librem, assim como no seu futuro smartphone Librem 5, permitindo aos usuários usar os mesmos aplicativos no computador e em dispositivos móveis.

"Se você já teve um aplicativo no seu smartphone que queria no seu laptop, queria convergência. Convergência é um termo usado para descrever o funcionamento semelhante de um aplicativo em diferentes plataformas. Muitas empresas estão ansiosas para que seu software seja convergente, porque traz uma aparência consistente, bem como a mesma funcionalidade para os aplicativos que são executados no smartphone e no computador", disse Jeremiah Foster, diretor do PureOS na Purism.

"A Purism está superando o duopólio desse sonho, com o PureOS: agora estamos anunciando que o PureOS, da Purism, é convergente e estabeleceu as bases para que todos os futuros aplicativos sejam executados nos laptops Librem 5 e no smartphone Librem, a partir da mesma versão do PureOS", prosseguiu.


Como o GNOME é usado como ambiente gráfico padrão no PureOS, a empresa também está trabalhando duro para criar aplicativos adaptáveis ​​do GNOME que tenham excelente aparência tanto em um dispositivo móvel quanto que no PC. A companhia diz que os aplicativos convergentes também serão muito mais fáceis de manter e proteger do que ter compilações separadas para mobile e desktop.

Outra boa notícia é que o Librem 5 também contará com convergência mobile-desktop, já que ele é fornecido com o sistema operacional PureOS por padrão. Isso significa que você será capaz de transformar o dispositivo móvel sem esforço em um computador apenas conectando-o a um monitor, teclado e mouse. Mais detalhes estão disponíveis no anúncio oficial da Purism.

Com todos os esforços concentrados nos trabalhos para se obter a convergência, a Purism também se prepara para a chegada de seu primeiro smartphone baseado no Linux no terceiro trimestre de 2019 com a promessa de ser o primeiro dispositivo móvel verdadeiramente livre e de código aberto que respeita a privacidade dos usuário. A empresa também anunciou no mês passado a iniciativa PureBoot para ajudar seus clientes a proteger melhor seus laptops com Linux.


FONTE: Softpedia
Comentários