Steam pode não estar oficialmente disponível no Ubuntu 19.10 devido a falta do suporte para 32 bits


Como mencionamos em um outro artigo, alguns desenvolvedores, como o pessoal por traz do Wine, não ficam muito satisfeitos com a decisão da Canonical de abandonar o suporte para pacotes e biblioteca de 32 bits a partir do próximo Ubuntu 19.10, que deve ser lançado em outubro. Desta vez, quem resolveu manifestar preocupações com a mudança foi Pierre-Loup Griffais, desenvolvedor da Valve.

O desenvolvedor chegou a afirmar através de seu perfil oficial no Twitter que planeja parar oficialmente de suportar o cliente Steam no Ubuntu, começando com a próxima versão do sistema operacional.

"O Ubuntu 19.10 e versões futuras não serão oficialmente suportados pelo Steam ou não recomendaremos aos nossos usuários. Vamos avaliar maneiras de minimizar a quebra de usuários existentes, mas também mudaremos nosso foco para uma distribuição diferente", afirmou Pierre-Loup Griffais.

Com a mudança da Canonical desagradando especialmente grandes projetos, já existem rumores de que a empresa poderia reverter sua decisão de eliminar o suporte para 32 bits em futuras versões do seu sistema operacional. Veremos se isso também leva a Valve a renovar esforços em torno do SteamOS / Debian ou se eles simplesmente decidem transferir recursos para outros lugares. Vamos ver como isso se desenrola.

É importante ressaltar também que isso não significa o fim do suporte do cliente Steam para Linux e, como bem disse Pierre-Loup Griffais, outra distribuição Linux pode ser adotada como a principal.


FONTE: Phoronix | GamingOnLinux
Tags :
Comentários