Mostrando postagens com marcador Software. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Software. Mostrar todas as postagens

Uma nova versão importante do cliente de email da Mozilla já está disponível. Trata-se do Thunderbird 78, que carrega uma série de mudanças importantes, novos recursos e melhorias de usabilidade — embora nem todas as mudanças estejam ativadas por padrão. Aqueles usando complementos devem observar que este lançamento suporta apenas MailExtensions, o que significa que complementos mais antigos baseados em XUL não são suportados.

A comunidade de desenvolvedores que trabalham no Wine tem conquistado um bom progresso no suporte ao software de anti-trapaça "Easy Anti-Cheat" (EAC), da Epic Games. Acontece que no final do mês de junho foi revelado que já era possível executar o jogo Dead By Daylight, embora com um baixo desempenho.

Após anunciar o driver 450.51 Beta no final de junho, a NVIDIA decidiu liberar a primeira versão estável do seu driver de vídeo da série 450 para a plataforma Linux. Trata-se da versão 450.57, que chega trazendo suporte para o recurso "direct-to-display" com a Vulkan para o padrão DisplayPort conectado via DP-MST, mais melhorias para a tecnologia PRIME e suporte para desligar a vRAM em configurações de software ou hardware selecionadas.

Em meados de setembro de 2019, a fundação Mozilla anúncio o que tantas pessoas, especialmente os usuários do Firefox, receberam com muita empolgação: o navegador deveria passar de um cronograma de lançamento de seis semanas para um ciclo de quatro semanas. Em outras palavras, as principais atualizações do Firefox passaram a chegar a cada quatro semanas.

A Feral Interactive, desenvolvedora responsável pela chegada de diversos ports de jogos AAA na plataforma Linux, lançou recentemente mais uma nova versão da ferramenta GameMode, a 1.5, que chega trazendo mais melhorias e correções para a sua capacidade de otimizar dinamicamente o desempenho do Linux durante a execução de games.

A Canonical anunciou recentemente o "Anbox Cloud", uma nova plataforma voltada para padronizar as cargas de trabalho do Android como um sistema operacional convidado (guest) para que seja possível oferecer aplicativos móveis em escala diretamente de um provedor de nuvem. Como o próprio nome indica, a novidade é baseado na tecnologia Anbox, uma camada de compatibilidade gratuita e de código aberto que permite que apps do Android sejam executados no Linux.

Depois de estar há mais de um ano em desenvolvimento, o Wine 5.0 foi finalmente lançado na última terça-feira (21) com vários novos recursos para aprimorar ainda mais a execução de jogos e programas do Windows no Linux. Os destaques incluem suporte para configurações de vários monitores, a reimplementação da API de áudio de baixo nível XAudio2, graças a integração do FAudio, e suporte para a Vulkan 1.1.

Há alguns dias, o desenvolvedor Pierre-Loup Griffais, da Valve, reviveu o "steamcompmgr" (o compositor e gerenciador de janelas do SteamOS) e o renomeou para "Gamescope". Agora, foram revelados mais detalhes sobre o software, como o fato dele estar obtendo frames do jogo através do Wayland por meio do X Clients under Wayland (XWayland), com isso não havendo cópia dentro do próprio X antes que ele obtenha o frame.

Como é de costume, a Valve está trabalhando mais uma vez nos bastidores com sua iniciativa de trazer cada vez mais jogos para a plataforma Linux. Desta vez, depois de manter o desenvolvimento do SteamOS parado por um bom tempo, isto é, até onde nós sabemos, certamente parece que agora algumas partes dele estão sendo revividas para o próximo grande lançamento do sistema operacional.

O Wine 5.0 ainda está passando por lançamentos RC (Release Candidate) semanais, mas a versão estável deve chegar na metade de janeiro. Entre as mudanças presentes nesta atualização anual do software, está a integração do FAudio como uma melhor implementação do XAudio2, suporte para a Vulkan 1.1 e suporte para instalação de drivers plug-and-play.

Antes da Vulkan completar quatro anos desde o seu primeiro lançamento, algo que deve acontecer no próximo mês, a Vulkan 1.2 foi oficialmente lançada como a principal atualização mais recente desta API de gráficos e computação. Os destaques incluem melhor desempenho, melhor qualidade visual e melhorias no desenvolvimento.

Em setembro, a Microsoft revelou que estava trabalhando em uma versão para Linux do seu software Microsoft Teams, a plataforma de comunicação unificada da empresa em que as equipes podem colaborar mais facilmente em um espaço de trabalho onde é possível conversar, compartilhar arquivos e trabalhar com ferramentas de negócios.

Foi lançado recentemente o Wine 4.21 como o mais novo lançamento de desenvolvimento, que deixa o software mais próximo da fase "feature freeze", onde novos recursos não serão mais implementados, mas apenas correções, para que tudo fique estável o suficiente para a chegada do Wine 5.0 no início de 2020.

Foi lançada recentemente mais uma nova versão do famoso editor de áudio Audacity, a 2.3.3, que embora não ofereça "nenhum recurso novo e quase sem alterações" quando comparado com os lançamentos anteriores, traz diversas correções para os mais variados problemas graças ao trabalho de reestruturação do código, sendo um total de 75 melhorias.

Foi lançado na última sexta-feira (15) mais uma nova versão de desenvolvimento do Wine, a 4.20, que chega trazendo uma nova engine Mono com atualizações para o FNA, mais aprimoramentos para VBScript e JScript, atualizações de especificações da Vulkan, suporte aprimorado para o LLVM MinGW e cerca de 37 correções e melhorias para diversos softwares e jogos.

O Kdenlive agora está oficialmente disponível na Snap Store, onde se junta a mais de 50 outros aplicativos Snap da marca KDE. Sua chegada do popular editor de vídeo não linear à loja simplificará ainda mais a sua instalação nas distros Linux que vem adotando cada vez mais a tecnologia Snappy, da Canonical, que busca facilitar a distribuições de aplicativos no Linux.